1

Tristeza também tem fim

Foi bem difícil tomar a decisão, mas, de repente, não tinha mais razão pra adiar. Criei coragem, fui lá e pedi as contas. O resultado? Uma menina feliz! Ainda tenho um mês pela frente (maldito aviso prévio!), mas só de saber que isso é o máximo que eu ainda terei que agüentar me deixa tão totalmente exultante, que não tem como não vir trabalhar toda sorridente.

Depois desse mês, a vida é um pequeno mistério. Tenho muitos planos, mas sei que vários não passarão disso. O que eu quero mesmo é aproveitar para dar andamento na minha vida. Arrumar os armários e as estantes, me matricular num curso de cerâmica, aumentar a produção de peças em tricô e crochê, finalizar as bijuterias para a (tão sonhada e esperada e falada) lojinha, ler mais, ver mais filmes, ficar mais com a minha maman e o papá… É tanta coisa que quase me falta o ar! Claro que eu vou atrás de trabalhos como freela, né. Não dá pra ficar parada nessa vida e eu preciso de uma fonte de renda, por menor que ela (a renda) seja. Mas é muito bom saber que vou controlar meus horários, trabalhar com gente que me respeita e ter que aturar gente mala só de vez em quando, quando for muito necessário.

E toda vez que eu pensar em dinheiro, vou me lembrar que eu trabalhava em um lugar que, além de pagar mal, me deixava infeliz. E de que adianta viver infeliz, me fala? Adoro um dinheirinho, comprar roupa-sapato-bolsa, gastar em centenas de livros, mas nada disso tava valendo a pena. Por isso, a hora era essa mesmo! E quer saber de uma coisa? Já vou tarde!

ps: o melhor de tudo vai ser poder passar algumas horinhas deitada no quintal ensolarado do lado do franz, meu filho-gato ou gato-filho, enquanto ele ronrona feliz ou tenta morder minha mão. tem coisa melhor? =) ah, ele não é nada parecido com o gatinho dessa foto ao lado, mas achei a imagem tão bonitinha! a quem interessar, ele é um ruivo lindo, com a bunda mais gorda e mais gostosa de todos os tempos.

(foto: gettyimages)

Advertisements
0

Guias para a viagem perfeita

Essa dica é para quem está pensando em fazer uma viagem para fora do país e quer saber tudinho sobre a cidade em que vai passear (ou morar, quem sabe!). Os Guias Visuais de Bolso, lançados pela Publifolha, são para lá de úteis pra esses casos. Práticos, eles reúnem as principais atrações de cada cidade e, melhor, vêm com um mapa desdobrável para você se localizar onde quer que esteja. Outras coisinhas úteis: manual de sobrevivência com informações para casos de emergência, minidicionário com as frases que você vai usar mais e muitas imagens (afinal, ele é visual!). Super recomendo! Mesmo que existam outros guias mais completos por aí, esse vale a pena pelas paisagens das cidades.
Berlim, Madri, Praga, Sydney, Londres, Nova York, Paris e Roma são as contempladas com seus próprios guias, e você encontra todos nas melhores livrarias da sua cidade ou pelo televendas 0800-140090!

Vai lá: Guia Visual de Bolso (Berlim / Madri / Praga / Sydney / Londres / Nova York / Paris / Roma)
Autor: Dorling Kindersley
Editora: Publifolha
Preço sugerido de R$ 19,90
0

MCI: finalmente em mãos!

Adoro a Marie Claire Idées, aquela revista francesa que é um prato cheio para os crafters de plantão. Ela sempre vem cheia de projetos englobando praticamente todas as áreas que você possa imaginar: tem receitinhas culinárias, de crochê, de découpage, de roupinhas, de arte em papel… Enfim, é aqueeeela festa. A única coisa ruim é, como eu já disse nesse post aqui, a periodicidade: a publicação é trimestral (tem uma para cada estação do ano)! Só por isso, já acho que a MC Idées devia ter umas 80 páginas a mais, afinal, precisamos ter o que ver nos três meses que nos separam da próxima, certo?

Bom, no sábado passado, em uma visita à Rua José Paulino, aqui em São Paulo, passei por uma banquinha que vende um monte de revistas importadas e, finalmente, comprei a minha cópia da edição de verão. É, porque, apesar da de outono estar prestes a ir para as bancas lá na França, essa ainda não tinha chegado à cidade. Procurei na Siciliano do Higienópolis, na Cultura da Paulista, nas Fnacs, e nada dessa revista. Já tinha até desistido de ter esse número. Felizmente, a humilde banquinha do Bom Retiro não me deixou na mão. =)

Deixando a enrolação de lado, tenho que dizer que ameeeei a minha Marie Claire Idées! As idéias são ótimas e as explicações, como sempre, objetivas e fáceis de seguir / entender. Não consegui ver tudo-tudo-tudo dela, mas já deu pra perceber que vou ter muita coisa legal pra fazer seguindo as instruções deles!

Abaixo, uma imagenzinha com um resumão do que rola na revista que eu peguei emprestada do blog da MC Idées. O link você encontra ali ao lado, na seção de Crafts.

PS: também comprei uma revista italiana chamada CASAMIA, no mesmo estilo da MCI. A falta de tempo, no entanto, me impediu de dar uma olhada mais detalhada. Assim que eu tiver uns minutos sobrando, pego imagens de projetos dela e da MCI para colocar aqui, ok?

1

Mania de tutorial

Por algum motivo estranho, adoro tutoriais. Nem importa se é alguma coisa que eu nunca vou fazer na vida ou se é para uma técnica que eu não tenho a menor idéia de como fazer. Eu sempre olho diversas vezes, leio todas as instruções, salvo os links e deixo lá no meu computador. Resumo da ópera: centenas e centenas de endereços que eu nunca mais vou visitar, claro. Ultimamente, no entanto, ando um pouco melhor: depois de copiar o link, eu até tento fazer a tal coisa! Great improvements, não?

Mas não é só: adoro, também, criar tutoriais sobre tudo que se pode imaginar. Um dos que eu mais me lembro e me deu mais trabalho foi um que fiz pra ensinar minha mãe e minha tia a ligar o computador e entrar na Internet. Não deu muito certo, elas já perderam a bagaça toda, mas, enfim, o que vale é a intenção.

Bom, dando uma olhada em vários sites hoje de manhã, achei esses tutoriais abaixo. Todos serão testados nas próximas semanas (sim, meu tempo anda escasso, tudo vai beeem devagar por aqui), hopefully. Um mais legal que o outro, vale a pena conferir!

MUSHROOM by My Little Mochi
Cute beyond words! Tinha pensado em usar bolinhas de feltro branco em vez de tinta, mas não há dúvidas de que do jeito dela é mais fácil. E ficou realmente uma graça! Uma “plantação” inteira com liiindos cogumelos de todas as cores ia ficar pra lá de legal.

CARDHOLDER by CraftPudding
Não que eu precise de um porta-cartões, mesmo porque ainda não os tenho (quer dizer, até tenho os do trabalho, mas eles não precisam de uma capinha assim tão fofa), mas sempre dá pra fazer umas alterações para que ele sirva pra outra coisa, né?

SURPRISE BALLS by NotMartha
Já tinha visto essas bolinhas feitas com lã, mas nunca com papel crepom do jeito que esse tutorial ensina. Outra coisa bem legal é que a Megan (“dona” do NotMartha) dá sugestões do que colocar em surprise balls temáticas, tipo, uma bola com surpresinhas que tenham a ver com sorte, com piratas e assim por diante.

FABRIC BOOKMARKS by Anna Maria Horner
Para quem ama livros, projetos de marcadores diferentes são sempre bem vindos. Gostei bastante desses de tecido. Além de lindos, parecem ultrarápidos para fazer. Projetinhos assim fazem o meu dia bem mais feliz!

CROCHET HEARTS by Bella Dia
Adoro corações, estrelas e outras coisinhas fofas. Minhas habilidades no crochê, no entanto, não são lá grande coisa e eu tenho uma graaaande dificuldade em transpor as instruções para a realidade, digamos. Portanto, achar uma receitinha de coração fácil e que eu entenda direitinho como vou fazer é quase um milagre.

ps: achei um tutorial sobre como fazer um tutorial. nunca tentei fazer um tutorial de tricô/polymer clay/costura/whatever, mas quando decidir fazer um, já sei onde conseguir informações sobre como deixá-lo o mais claro possível: http://belladia.typepad.com/bella_dia/2008/05/tutorial-for-a.html. Enjoy!