0

DIY Links: Ohmystars Craft

O Ohmystars Craft foi um dos primeiros sites de diy e crafts que eu conheci. Na época, meu interesse era mais em aprender a costurar e customizar roupas, e eu nem pensava em mexer com acessórios de feltro e cerâmica plástica. O site, apesar de não ter recebido atualizações constantes desde que eu entrei pela primeira vez, é bem interessante e explica como fazer umas modificações básicas nas suas roupas. São cinco partes distintas – T-Shirt Surgery, com idéias (como a da imagem) para você dar uma outra cara para as suas camisetas/blusinhas; DIY Clothing, que ensina a transformar saias e vestidos; Knitting, com receitinhas de tricô e crochê; Crafts, que abrange outras peças, como brincos e bolsas; e os Links. As explicações passo a passo são bem claras e vêm acompanhadas de desenhinhos que ilustram bem o que deve ser feito, ajudando ainda mais a não deixar nenhuma dúvida pendente. E você ainda encontra tutoriais que ensinam a mexer com stencil que são um ótimo jeito de começar a entender como isso funciona.

Como eu já disse, parece que a atualização constante não é o forte do Ohmystars, mas com tanta idéia legal para experimentar, vai demorar um tempo até você sentir isso. Para quem tá se interessando por diy e handmade crafts agora, vale bem a pena! Detalhe: o site é todo em inglês!

ohmystars craft

Sobre o layout: tá horrível, eu sei, mas não tenho tido tempo nem pra procurar um site com templates prontos. Já tive umas idéias bem legais para um bem básico, com espaço maior para o texto, mas vou precisar da semana da Páscoa para colocar as mãos na massa. A semana da Páscoa vai ser daqueeelas, repleta de coisas pra fazer. Já dá até preguiça!

1

The Easter Bunny is coming to town

easter eggs
Parece que à medida que meu tempo livre diminui, mais vontade de fazer artes e mais idéias eu tenho. Outra coisa que parece aumentar é o número de sites com sugestões legais e coisinhas para inspirar. Como não tenho como resolver o primeiro porblema, resolvi me concentrar no segundo. Muita coisa que eu achei bem interessante está perdida em meus cadernos, blocos de anotações, bolsinhos de bolsas e gavetinhas por aí, o que é imensamente chato. Quando eu preciso de um link ou de uma receita de crochê ou de um modelo de cane, tenho que ficar vasculhando a casa em busca do mini-papel em que eu anotei as informações feito uma louca, o que acaba por enlouquecer também a minha mãe, obrigando-a a recomeçar com a velha ladainha da organização. Portanto, para evitar mais problemas, nada melhor do que um blog fofinho com todos os links que eu encontro por aí comentados e separados por categorias. Além disso, isso pode servir como mais uma vitrine pras tranqueiras que eu produzo. Há que se dizer que essa produção acontece em ritmo lento, já que, como eu disse lá em cima, o meu tempo livre fica cada vez mais curto.

Como realmente não vou ter tempo de colocar o primeiro link aqui, fica a imagem deliciosa do início do post, tirada d’O Estado de São Paulo de hoje (29/03/2007). Para reforçar a iminência da Páscoa e, provavelmente, nos deixar ainda mais alucinados com tudo que devemos fazer até tal data, o caderno Paladar fez uma degustação de trocentos ovos das mais variadas marcas e exibe o resultado em suas páginas. Normalmente, não gosto de ovos de Páscoa, prefiro pedir barras ou bombons, mas é impossível não salivar enquanto se lê esse tipo de matéria. Leia aqui (só para assinantes, though. Sorry, people!).